Visitando o túmulo do Drácula!

Aproveitei meus dias na Romênia para fazer um bate volta de Bucareste! O destino? O Mosteiro de Snagov, onde fica o túmulo do Drácula, e o Palácio de Mogosoaia, ambos bem pertinho de Bucareste!

Mosteiro de Snagov – Túmulo do Drácula

O dia começou com uma visita ao Mosteiro de Snagov, famoso por ter o “Túmulo do Drácula”. O Drácula é um personagem (pois é, vampiros não existem! rs) inspirado em Vlad, o Empalador. Vlad é uma figura icônica na Romênia, mas não por conta do livro de Bram Stoker, e sim porque ele foi um líder muito importante para a história do país. Ao contrário do que muita gente pensa, os romenos vem no Vlad um herói, não um vilão. Mas isso fica para outro post!
Tumulo do Drácula, Snagov
O túmulo do Vlad / Drácula
O importante aqui é entender que Vlad, o Empalador, foi capturado pelos otomanos e por conta disso, ninguém sabe exatamente onde ele foi parar! Ou seja: falam que este túmulo em Snagov é dele, mas na verdade ninguém sabe ao certo! Inclusive há teorias de que os otomanos tinham tanto medo do Vlad que quando o capturaram, espalharam as partes do corpo dele por muitos lugares, para ter certeza que ele estava mesmo morto. Mais um motivo para a lenda da imortalidade do Drácula! rs Bate volta de Bucareste, Romênia: Snagov Túmulo do Drácula ou não, o Mosteiro de Snagov é incrível e vale a visita! Construído no século XIV, em uma ilha no meio de um lago, o local emite uma muita paz. É incrível sentir a tranquilidade de estar em meio à natureza, num cenário lindo e tão perto de Bucareste! Como a maioria das igrejas da Romênia, o Mosteiro de Snagov é ortodoxo, então é inteirinho pintado por dentro. Do lado de fora, um belo jardim (e alguns cachorros fofos!) deixam tudo ainda mais especial!
Bate volta de Bucareste, Romênia: Snagov
Meus amigos peludos!

Bate volta de Bucareste: Palácio de Mogosoaia

Depois seguimos viagem para o Palácio de Mogosoaia, há apenas 15 km de Bucareste. Construído entre os anos de 1698 e 1702, este palácio é um dos grandes exemplos da arquitetura renascentista romena, também chamada de estilo Brâncovenesc. Bate volta de Bucareste, Romênia: Mogosoaia É super interessante perceber as referências de várias regiões: a influência otomana, os arcos venezianos, os jardins italianos… tudo junto e misturado! Por dentro, o palácio é bem simples, quase sem decoração. Ali também pudemos visitar a igreja de Mogosoaia, linda por dentro! Bate volta de Bucareste, Romênia: Mogosoaia

Bate Volta de Bucareste

Como os transportes na Romênia não são tão bons, sair das cidades sem carro é complicado. Aí que a melhor opção é pegar algum tour, como eu fiz. O guia e o motorista da Mr. Tripp, empresa com a qual fiz o tour, me pegaram no centro da cidade e dali fomos muito ocnfortáveis, de van, visitar os locais. Tudo acompanhado com o guia, que era ótimo: dava muitas explicações e super simpático! Como estávamos num grupo pequeno (eu e mais um casal de americanos), conseguimos fazer tudo com muita calma, tirar todas as fotos que queríamos e até aproveitar a feira medieval! Foi ótimo fazer um tour assim, sem pressão do guia por conta do horário! Além desse tour para visitar o túmulo do Drácula, existem várias outras opções de bate volta a partir de Bucareste! A Mr.Tripp oferece tanto viagens de meio período, um dia inteiro e até mesmo vários dias! Tem tours em Bucareste, Transilvânia, minas de sal, degustação de vinhos, mar negro… Tem até um que vai para a Bulgária! Terei que voltar para fazer outros tours!

Acompanhe minhas próximas viagens pelo instagram: @LuliMonteleone!

Encontre seu hotel em Bucareste aqui: http://bit.ly/2KFu0hW! Você não paga mais por isso e ainda me ajuda a viajar mais e trazer mais dicas para cá! ;)

Bate volta de Bucareste, Romênia
Fiz o tour à convite da Mr.Tripp, mas minha opinião e experiências são independentes e totalmente pessoais.

Também pode te interessar...

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Social Media

Vídeos

Instagram

Quem escreve