Compras em Londres: Piccadilly Circus!

Meu primeiro dia em Londres rendeu… Depois da London Eye e Big Ben, terminei o dia em Piccadilly Circus, a “Times Square” Londrina! Esta região é ótima para fazer compras em Londres: dá para achar desde fast fashion (H&M, Gap, Zara etc) até as principais grifes mundiais. Destaque para a Boot’s, farmácia que mais aparece um supermercado e leva mulheres à loucura com a imensa oferta de cosméticos e maquiagem!

Em Picaddily Circus e na Regent Street também é possível encontrar algumas lojas incríveis, que são verdadeiros pontos turísticos! A loja M&M’s World é a maior loja de doces do mundo, é uma delícia passear por lá e ver todos os bonecos M&Ms vestidos como celebridades britânicas! A Hamleys é “apenas” a maior loja de brinquedos do mundo: amei a parte de Lego e dos doces (#GordinhaSafada rs). Passeio ótimo para quem viaja para Londres com crianças e também para quem é uma eterna criança, como eu! rs

Se procura algo mais clássico (e adulto), seu lugar é a Liberty of London! Sempre quis conhecer esta loja e mesmo com as expectativas super altas, não me decepcionei. A Liberty of London é enorme e ainda conserva as estruturas de madeira originais, uma graça! Além das maiores marcas, dá para se perder nos tecidos da marca, famosas pela estampa floral tradicional. Queria comprar tudo!

Compras em Londres: Liberty of London!Como não tinha como carregar tecidos pra casa, surtei mesmo na área dedicada ao Natal! Milhares de enfeites, um mais lindo que o outro! Alguns muito caros, outros nem tanto… Dá para achar algumas coisas bem acessíveis! Minhas compras em Londres se resumiram à estes enfeites de natal da foto, por £5 cada!

Quem quiser fazer compras em Londres ainda tem várias outras opções incríveis e super tradicionais, como Selfridge’s e Harrods. Uma pena que não consegui vistar estas duas! Preciso voltar logo!

Também pode te interessar...

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Social Media

Vídeos

Instagram

Quem escreve