Bolonha vista de cima!

Hoje vamos passear por algumas igrejas de Bolonha! Como toda cidade italiana, Bolonha é lotaaada de igrejas, cada uma delas com um charme diferente.

Igrejas de Bolonha

Obviamente, não tive como visitar todas as igrejas de Bolonha, afinal só fiquei 3 dias por lá e quis fazer tudo com muita calma, sem correr de um lado para o outro. Essas aqui foram as que eu visitei:
Igrejas de Bolonha: San Luca
Santuario di San Luca
  • – Santuario di San Luca: um dos símbolos da cidade, fica em cima de uma das montanhas que cerca Bolonha, o Colle della Guardia. Além da vista incrível da cidade, ali a grande atração são os pórticos: são 666 que formam o maior conjunto de pórticos do mundo! Dentro da igreja, existe também um mirante, que eu não fui pois o dia estava super nublado e não daria para ver muita coisa.
Igrejas de Bolonha: San Luca
A vista do Santuario di San Luca!
Para chegar lá em cima, você tem duas opções: a pé, percorrendo os quase 4km de pórticos que ligam o centro da cidade ao santuário, ou com o San Luca Express, um trenzinho turístico que te leva direto para lá. Fui de trenzinho e foi uma excelente opção, já que a subida é bem íngreme e estava muito frio. Além disso, à bordo vamos ouvindo mais sobre a história da cidade e do santuário.
  • – Complesso di Santo Stefano: também chamada de Sette Chiese, é um conjunto de sete igrejas, cada uma representando um local onde ocorreu a Paixão de Cristo. É bem no centro da cidade e super interessante de visitar!
Igrejas de Bolonha: Sete Igrejas
As “Sete Igrejas” de Bolonha!
  • – San Michele in bosco: Aqui o destaque é a vista panorâmica de Bolonha, simplesmente linda!!! Em dias limpos, dá até para ver os Alpes. Não foi o meu caso, terei que voltar! Para chegar lá, peguei o ônibus turístico City Red Bus.
Igrejas de Bolonha: San Michele in Bosco
A vista do alto da San Michele in Bosco
  • – Basilica di San Petronio: Bem na Piazza Maggiore, fica a igreja considerada como a mais importante de Bologna. É enorme, e na verdade deveria ser ainda mais, já que ela nunca foi finalizada. Diz a lenda que o Papa Pio IV mandou construir o Archiginnasio (que abrigou a primeira universidade do mundo!) para impedir que esta igreja ficasse maior que a Basílica de São Pedro, no Vaticano. O que eu gostei mesm odessa igreja, foi de visitar o terraço: lá de cima dá para entender bem porque Bolonha é chamada de “La Rossa” (“a vermelha”) e “La turrita” (da palavra “torres). Do alto da igreja, é possível ter uma bela vista da cidade, com seus prédios em tons avermelhados, as torres que ainda estão de pé e as montanhas que cercam a cidade. Vale muito a pena, é lindo!
Igrejas de Bolonha: San Petronio
La Rossa e La Turrita vista do terraço da Igreja San Petronio

Bologna Welcome Card

Para todos esses passeios em Bolonha, usei o Bologna Welcome Card Plus: com ele não paguei nada extra. Com esse cartão de turismo, você pode entrar em vários museus e atrações da cidade, além de usar o ônibus turístico e o trem que leva até San Luca. Foi realmente muito útil, ainda mais que usamos bastante o ônibus turístico. Pena que não tive tempo de ir em nenhum museu!
Igrejas de Bolonha, Italia
San Luca (lá no canto esquerdo), vista a partir do terraço da San Petronio

Se inscrevam no meu canal no Youtube para não perder os próximos vídeos e me segue no Instagram @LuliMonteleone para acompanhar as minhas viagens ao vivo!

Reserve seu hotel pelo mundo aqui: http://bit.ly/2lTyOaR e encontre tours pelo mundo aqui http://bit.ly/2JZw4CZ. Usando estes links você não paga nada a mais e me ajuda a viajar mais e trazer ainda mais dicas para cá! ;)
Bolonha vista de cima
Salve esta imagem no Pinterest!
Esta viagem contou com o apoio do Bologna Welcome e fiquei hospedada no MiaVia Apartments. Minha opinião e experiências são independentes e totalmente pessoais.

Também pode te interessar...

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Social Media

Vídeos

Instagram

Quem escreve