Visitando o Palácio do Parlamento em Bucareste!

O Palácio do Parlamento em Bucareste é o cartão postal da capital da Romênia. Não é para menos: o prédio é, literalmente, enorme! Eu sabia que era grande e mesmo assim fiquei impressionada quando vi de perto. Claro que fiquei curiosa para ver como era por dentro, então fiz questão de visitá-lo!

Palácio do Parlamento em Bucareste

Para entender o motivo do Palácio do Parlamento de Bucareste ser tão grande, é necessário entender um pouca da história da Romênia. Entre os anos de 1965 e 1989 o país viveu um forte regime comunista, comandado por Nicolae Ceauşescu e sua mulher, Elena Ceaușescu. Em 1977, depois de um grande terremoto e inspirado pela sua amizade com o ditador da Coréia do Norte, Ceauşescu decidiu que iria construir um prédio que funcionaria como um centro político-administrativo. O local escolhido foi o topo do morro Uranus, por ser considerado mais seguro para construções do tipo. Palácio do Parlamento em Bucareste, Romênia Só tinha um problema: essa área já estava toda construída e habitada! Bom, nada que um ditador não resolva, né? O infeliz decidiu demolir o equivalente a 1/5 de toda a cidade de Bucareste, mesma superfície de Veneza. 20 igrejas foram destruídas, 8 foram levadas para outros lugares, 10 mil casas foram demolidas e mais de 57 mil famílias foram despejadas. Tudo para que o sonho megalomaníaco do ditador fosse tirado do papel!
Palácio do Parlamento em Bucareste, Romênia
Neste salão costuma ficar o maior tapete do mundo. Me lembrou um pouco “A Bela e a Fera”! rs
Mais de 100 mil trabalhadores fizeram parte da construção, que acontecia 24h por dia, sem parar. O resultado é um edifício com uma superfície de 365 mil m2, sendo o segundo maior edifício administrativo do mundo, perdendo só para o Pentágono. Também é considerado o edifício mais pesado e mais caro do mundo. São mais de 1.000 salas, duas garagens subterrâneas e 12 pisos de altura! Na construção, foram usados somente materiais produzidos na Romênia: as pedras são romenas, os cristais são locais, os tapetes são feitos com materiais e técnicas típicas… tudo, claro, para exaltar o poder do ditador país.
Palácio do Parlamento em Bucareste, Romênia
As enormes escadarias e cortinas!
Ah sim, como o casal Ceauşescu não era capaz de entender as plantas do projeto, construíram uma maquete gigante detalhada de toda a cidade de Bucareste. Os ditadores podiam passear por cima da maquete e dar instruções para a construção. A cada visita, que geralmente ocorria uma vez por semana, eles mudavam os planos. Devia ser bem fácil trabalhar para eles, não? Quando a Revolução do ano de 1989 (que deu um fim ao comunismo no país) aconteceu, o prédio estava 60% finalizado. Decidiram continuar com as obras pois iria sair muito mais caro demolir o toda a construção! As obras foram realizadas mais tarde, entre os anos de 1992 e 1996.
Palácio do Parlamento em Bucareste, Romênia
Um dos mais bonitos salões do Palácio do Parlamento!
Atualmente, o palácio abriga várias instituições do governo e algumas de suas salas podem ser alugadas para eventos e conferências. Durante a visita guiada, passamos por algumas das maiores salas e podemos ver a “maior porta de correr do mundo”, a “maior cortina do mundo”, o “maior tapete do mundo”. Tudo lá é um verdadeiro exagero e é impressionante ver tudo de perto!
Palácio do Parlamento em Bucareste, Romênia
Detalhe do teto em um dos salões
Se por fora o prédio chama atenção pelo seu tamanho e sua arquitetura bem “pesada”, dentro o destaque fica para os detalhes (que também são enormes, na verdade)! Tudo é ricamente decorado: tetos, chão, janelas… Pena que a visita é muito rápida, mal dá para tirar fotos…

Como visitar o Palácio do Parlamento em Bucareste

O site do Palácio do Parlamento é bem difícil de entender, além de ter informações incorretas, mas basicamente, para visitar o local, você tem duas opções. A primeira é ligar (+ 40 733 558 102 ou +40 733 558 103) no dia anterior, entre 9h e 16h, para fazer uma reserva para o dia seguinte. É um pouco difícil, já que o inglês deles é ruim e eles não fazem questão de serem simpáticos. Tive que ligar pelo menos 7 vezes até alguém entender o que eu falava e finalmente fazer minha reserva. A outra opção é comprar o bilhete no mesmo dia, direto na bilheteria.
Palácio do Parlamento em Bucareste, Romênia
A maior porta de correr do mundo é essa aí no fim do corredor!
A bilheteria e entrada para as visitas não ficam na frente do Palácio do Parlamento em Bucareste, ficam do lado direito para quem olha de frente para ele. É na avenida “Bulevardul Națiunile Unite”, bem em frente ao parque Izvor. O local exato é este aqui, para ficar mais fácil. No dia da visita, chegue com pelo menos 15 minutos de antecedência e não se esqueça de levar o passaporte, pois não é permitida a entrada sem um documento de identificação.
Palácio do Parlamento em Bucareste, Romênia
A entrada fica nesta lateral. Sim, isso é só uma das laterais do gigantesco palácio!
O site do local fala que existem vários tipos de visita, mas quando perguntei lá me falaram que só existia um tipo, que é o mais curto que passa por menos salas. Esse tour dura por volta de 1h30 e passa por algumas das maiores salas do Palácio. Queria ter feito a visita completa, que passa no terraço, mas acho que não dá mais! :( De qualquer maneira, o Palácio do Parlamento em Bucareste é um ponto obrigatório para quem visita a capital romena. A visita é bem interessante e é impressionante os números e tamanhos do lugar. Vale muito a pena!

Acompanhe minhas próximas viagens pelo instagram: @LuliMonteleone!

Encontre seu hotel em Bucareste aqui: http://bit.ly/2KFu0hW! Você não paga mais por isso e ainda me ajuda a viajar mais e trazer mais dicas para cá! ;)

Fui à Romênia à convite do Experience Bucharest, uma viagem que contou com o apoio de AMPT, Bucharest Town Hall, Centenário da Romênia. Nos primeiros dias, fiquei hospedada no Good Living BucharestMinha opinião e experiências são independentes e totalmente pessoais.

Também pode te interessar...

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Social Media

Vídeos

Instagram

Quem escreve