Passeio pela SPFW!

Para quem não teve a oportunidade de ir ao SPFW, fiz um “tour” pela Bienal para mostrar para vocês o que tinha de mais legal por lá!  

Nesta edição, o tema era “Linguagens”, então a Bienal estava toda decorada com palavras e símbolos coloridos, nas paredes, teto, em televisões penduradas…  

 A Oi fez uma expo de camisetas onde personalidades mostravam sua T-shirt preferida e contava sua história!  

Marcello Sommer e Dudu Bertholini

 A Oi montou novamente uma Pop Up Store com várias coisinhas fofas e bacanas de lojas como Plastik, Evoke, Mi Casa e vários outras.  

Pela Bienal, sempre ficam os lounges de vários patrocinadores do evento. Nesta edição, a Havaianas deu espaço para Ipanema, que fez uma parceria com o restaurante Piola. Outro patrocinador que não participou desta vez foi a Natura, que tinha um dos lounges mais concorridos. No lugar, entrou Unilever, com espaços da Rexona e Seda. No lounge da Rexona, as convidadas passavam por uma transformação com direito a make e acessórios da Accessorize. Lá também ficava a redação do Petiscos, Julia Petit (linda e super querida) e sua equipe alimentavam o site direto do lounge. O brinde do espaço era uma camiseta desenhada por Julia, um Rexona Hair Minimising e um porta niquel Accessorize. Petiscos ainda tinha canetinhas coloridas!  

No lounge da Seda, era possível fazer um diagnóstico completo dos cabelos e ainda tratá-los com profissionais. O espaço ainda contou com show de Maria Gadú, 3 na massa e Preta Gil. O brinde do espaço era uma nécessaire com shampoo e condicionador da marca.  

O lounge da Melissa, sempre o mais concorrido, tinha sua decoração toda inspirada em Circos, seguindo a linha da coleção de Inverno. Como de costume, as convidadas ganhavam uma senha para concorrer a uma Melissa. Nesta edição, o brinde era uma Ultragirl Glitter Dourada. Os convidados Vips ganhavam uma Stage Azul e vermelha. As promotoras também estavam vestidas com insiprações circenses e o make (feito por Theo Carias e pela amiga querida Ale Azambuja) não podia ser diferente né!  

O lounge do Glamurama estava bem simples dessa vez. As paredes eram painéis onde dava para escrever palavras encaixando as letrinhas de plástico. O espaço do Banco do Brasil Estilo era todo interativo e inspirado no futebol.  

Ainda tiveram vários outros lounges, mas como a Lia explicou muito bem neste ótimo post, não dá para entrar em todos os lugares!

Também pode te interessar...

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Social Media

Vídeos

Instagram

Quem escreve